Biografia

Amarildo Nascimento (Bacharel em Música)

Pós-Graduado em Educação Musical e Bacharel em Música/Trompete, desde 2006 Amarildo Nascimento é Trompete/Solista da OSUSP (Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo), Professor de trompete e música de câmara do Curso Superior de Música (Bacharelado) da Faculdade Cantareira, Professor Máster no Projeto “pequenos músicos” junto a Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes. Paralelamente a esses trabalhos, atua como Solista, Camerista e Artista dos Trompetes B&S.

Enquanto solista esteve à frente da Orquestra Sinfônica da USP (OSUSP), Orquestra Acadêmica de São Paulo, Orquestra de Câmara da USP (OCAM), Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo (BSJESP) entre outras.

Como camerista é integrante do São Paulo Brass Trio e apresenta-se em recitais com seu Duo de Trompete e Piano.
Participou da 42ª Conferência Anual de Trompetistas, realizando performance da peça Abril Desconhecido by Celso Mojola (dedicada a Amarildo), promovida pelo International Trumpet Guild (ITG) nos Estados Unidos.
Como músico convidado já atuou em diversas orquestras no Brasil, entre as quais se destacam a OSESP, OSB, OSSA, ORTHESP entre outras.
Foi o principal trompete do musical da Broadway “A Bela e a Fera” (temporada 2009) e, como Primeiro Trompete, fez a gravação da trilha sonora do filme “Salve Geral” (representante do Brasil ao Oscar de melhor filme estrangeiro; Vencedor do “Festival de Cinema Brasileiro de Miami”. Direção Sergio Rezende, 2009).

Entre os anos 2001 e 2009 integrou o naipe de trompetes da Orquestra Experimental de Repertório. Foi também integrante do naipe de trompetes da Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo (entre 1998 e 2001).

Participou do Music Seminars in Tuscany 2015 realizado na Itália recebendo orientações dos professores Reinhold Friedrich e Kristian Steenstrup. Participou como recitalista e como solista do 7º e 8º Encontro Internacional de Trompetistas promovidos pela ABT (Associação Brasileira de Trompetistas).

Como professor atua, além da Faculdade Cantareira, em festivais de música, masterclasses em diversos lugares do Brasil, aulas em escolas de música privadas e aulas em projetos sociais.

Em janeiro de 2018 ministrou uma masterclass/recital na Universidade da Flórida.

Como intérprete e/ou ouvinte, participou de masterclasses com renomados trompetistas internacionais, entre os quais se destacam: Phillip Smith – New York Philarmonic (Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão 2004); Fred Mills – Canadian Brass (ULM); Malte Burba – Alemanha (FASM); Ole Edvard Antonsen – Noruega (FASM); Mathias Höfs – German Brass (Teatro Municipal de Santo André); Martin Hurrel – BBC London (ULM); Rex Richardson – Artista Residente do London’s Trinity College of Music (Faculdade Cantareira, 2010); Russel DeVuyst –Orchestre Symphonique de Montreal (Faculdade Cantareira, 2010); Marc Reese – Empire Brass (EMESP, 2012) e Paulo Merkelo – Orchestre Symphonique de Montréal (Faculdade Cantareira, 2013), Pacho Flores – Solista Internacional (São Paulo 2016), Martin Angerer (Faculdade Cantareira 2017) e Friedman Immer (Faculdade Cantareira 2017)

Possui formação em Programação Neuro Linguística pelo Instituto Brasileiro de Coaching.

Amarildo Nascimento é Pós-graduado em Educação Musical pela Faculdade Cantareira e Bacharel em Música/Trompete, fazendo parte da primeira turma do Curso Superior de Música da mesma Instituição (2007), sob orientação de Fernando Dissenha. Iniciou seus estudos de trompete com Lelis Gerson, posteriormente ingressando na ULM (Universidade Livre de Música) sendo orientado pelos trompetistas Edgar Baptista (Capitão), Edilson Nery e Edmilson Bosco (Chiquinho). Foi o primeiro aluno da ULM (Universidade Livre de Música) a concluir todo o cronograma de seis anos de estudo de Trompete daquela Instituição.